Casos » 1990  


1990-07-26

Onze jovens sequestrados e desaparecidos - Chacina de Acari (1990)

No dia 26 de Julho de 1990, Cristiane Souza Leite, 16 anos, Rosana Lima de Souza, 18 anos, Wallace do Nascimento, 17 anos, Edio do Nascimento, 41 anos, Luiz Carlos de Vasconcelos, 37 anos, Moisés dos Santos Cruz, 31 anos, Antonio Carlos da Silva, 17 anos, Viviane Rocha, 13 anos, Luiz Henrique Euzébio, 17 anos, Wudson de Souza, 16 anos, e Edson de Souza, 17 anos; foram retirados de um sítio em Suruí (Magé), onde passavam o feriado, por um grupo que se identificava como policiais.

Os sequestradores queriam jóias e dinheiro, e após “negociarem” durante cerca de uma hora (segundo testemunha do caso, Da. Laudicena, já falecida), levaram os onze para local ignorado. Nem eles nem seus corpos até hoje foram encontrados.

As mães dos desaparecidos começaram uma busca que dura até hoje por seus filhos e por justiça, e ficaram internacionalmente conhecidas como as Mães de Acari (onde a maioria morava). O inquérito, que recebeu nova data em 1998, corre até hoje sob o n. 07/98 na Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense.

Em sua luta por justiça e denúncias de policiais, as Mães sofreram perseguições, calúnias e ameaças, e uma delas, Edméia da Silva, foi assassinada em 20/07/1993 (poucos dias antes da Chacina da Candelária). Seus assassinos jamais foram presos.

print